Armas são essenciais para a paz

As armas não ferem, não matam, não roubam, nem escravizam outras pessoas. Pessoas maléficas ferem, matam, roubam e escravizam outras pessoas. Isto é fato.

A arma é mero instrumento. Assim como qualquer outro instrumento (facas, pedras e o fogo) quando ele está na mão de pessoas boas, serve para coisas boas. Facas servem para cozinhar, pedras constroem casas e o fogo é o meio indispensável para construir todas as facilidades da vida moderna. Mas estes mesmos instrumentos úteis, quando estão na mão de pessoas maléficas, matam com mais crueldade do que um revólver 38.

Proibir armas de fogo não impede assassinatos. O assassino usará facas, pedras, fogo, tesouras, venenos, paus com arame farpado e qualquer outro meio que igualmente matará a sua vítima.

Na verdade, proibir as armas de fogo apenas facilita a vida do brutamontes violento porque a pessoa pacífica fisicamente mais fraca não terá como resistir já que lutar com espadas, facas, paus e etc. exige força física que o mais fraco não tem.

Não custa lembrar que a arma de fogo é o único instrumento cuja função é igualar a força de uma anciã de 75 anos com a de um brutamontes violento de 25 lutador de artes marciais. É a arma de fogo que força os violentos a usarem a razão e a dialogar com os fisicamente mais fracos.

É de uma infantilidade colossal imaginar que as pessoas violentas deixarão de agredir outras porque alguém fez uma lei, cantou uma música, ascendeu uma vela, se deu as mãos ou se vestiu de branco.

Pode ser belo, mas é inútil para conter as pessoas violentas. Só a Espada da Justiça é capaz de colocar os violentos no seu devido lugar. Para isso, é fundamental usar a Força, e as armas são o instrumento construído para este fim.

Nossa fé encoraja armar-se porque somos uma fé de paz verdadeira. As falsas fés de paz incentivam a retirada da força das pessoas pacíficas, deixando os violentos à vontade para agir com violência.

Não gosta de armas?, Não Compre uma

Imprimir Email

  • /site/index.php/blog-artigos/70-pulseira-paracord-de-raiz-roots
  • /site/index.php/blog-artigos/74-gshock-o-relogio-do-guerreiro-moderno

Número Acessos

Ver quantos acessos teve os artigos
55010

Operadores Online

Temos 17 visitantes e Um membro online

Busca